Arquivo da tag: Igreja Batista do Passo D´Areia

15 Anos de Ministério Pastoral

No dia 27 de março de 1999 assumi o pastorado da Igreja Batista do Passo D´Areia.  Neste domingo (30/03/2014) nossa igreja realizou um Culto de Ação de Graças alusivo aos 15 anos do Ministério Pastoral que tenho exercido na I.B. Passo D´Areia.

Comecei meu pastorado com 24 anos, dois anos de casamento e esposa grávida. A Igreja possuía cerca de 60 membros e nenhuma congregação ou frente missionária. Nossas dependências eram precárias, os recursos financeiros pequenos, mas essa conjuntura não me desanimou, pois o Senhor tinha gerado sonhos e visão espiritual para o futuro da igreja.

Ao longo destes 15 anos fizemos muitas coisas. Hoje somos cerca de 400 membros, já ajudamos na plantação de 2 novas igrejas Batistas no RS e na revitalização de outras 2. Atualmente estamos cooperando na plantação de 6 igrejas no RS  e dezenas de frentes missionárias em Cuba. Também já treinamos e enviamos vários pastores para servirem no RS, em outros estados do Brasil e também em outros países. Temos sido uma igreja com uma forte presença missionária, tanto no apoio a obreiros que atuam no campo, quanto no envio de novos missionários. Temos bons resultados na área de ação social com a fundação do Instituto Passos, uma ONG que atua na área de educação e proteção de crianças. Desenvolvemos e potencializamos vários ministérios, melhoramos em muito as instalações da igreja, tanto templo como outros espaços. Temos apoiado diferentes ações de nossa denominação e igrejas parceiras.

Por pastorear a mesma igreja por 15 anos, tenho tido a alegria de ver os resultados do ministério. Acompanhando famílias cujos filhos eram pequenos quando cheguei, mas hoje estão casados, com carreiras encaminhadas e crescendo na fé e no compromisso com Deus. Outa alegria tem sido ver meus filhos na fé crescendo no Ministério, tornando-se pastores, missionários, líderes na igreja e cooperando em diferentes áreas do Reino de Deus.

Ocorreram momentos difíceis, crises, dias maus, frustrações e outros dramas, mas quando coloco tudo na balança, o saldo é prá lá de positivo. As dores do ministério me fizeram crescer, exercer a humildade, o perdão, a auto crítica e a perseverança. O valor do nosso ministério é proporcional aos sacrifícios que fizemos ao longo do tempo.

Olhando para esses 15 anos, a palavra que melhor expressa meus sentimentos é “EBENÉZER: até aqui nos ajudou o Senhor” ISm 7.12. Essa expressão tem duas perspectivas:

1ª Perspectiva: “Até aqui nos ajudou o Senhor” significa que já temos o que celebrar. O Senhor nos tirou de onde estávamos e nos trouxe até aqui. Ele nos moveu, nos proporcionou avanços, livramentos, experiências e vitórias. Chegar “até aqui” revela uma trajetória, uma história e merece uma celebração cheia de gratidão pela bondade e fidelidade de Deus.

2ª Perspectiva: “Até aqui nos ajudou o Senhor” significa que ainda temos um caminho a percorrer. Não chegamos até o final, chegamos até um pedaço do caminho. Nosso alvo é chegar lá. Portanto, não podemos parar e ficar na zona de conforto, nosso alvo é continuar avançando, buscando concluir a missão que recebemos do Eterno.

Sou grato a Deus por ter chegado “até aqui”. Mas não estou conformado com isso. Quero prosseguir e chegar “até lá”. Que o Senhor continue me ajudando nas pequenas e grandes tarefas, pois, estou certo, que sem Jesus nada possa fazer.

Fique a vontade para comentar esse texto abaixo e divulga-lo em suas redes sociais.

IMG_4080