Arquivo da tag: Grêmio

Muito mais que Futebol

O ano 2016, do ponto de vista futebolístico, será inesquecível nas minhas memórias, pois vivi algumas alegrias enormes. Pela primeira vez minha mãe foi assistir um jogo do Grêmio. Ela sonhava com isso e em novembro deste ano, ela, seus dois filhos e meus dois filhos fomos assistir Grêmio x Cruzeiro, na semifinal da Copa do Brasil. O resultado classificou o Tricolor para a final da competição. Uma outra alegria foi ter ido a final da Copa do Brasil com meus filhos. Foi a primeira final que assistimos juntos no estádio. Muita emoção e euforia com a conquista do Penta Campeonato. Naquela noite não foi só uma partida de futebol, mas um momento pai & filhos, que proporcionou uma ligação afetiva comum, pois torcíamos pelo mesmo time e nos alegramos pela mesma razão. Eu e eles que tantas vezes ficamos frustrados com derrotas doloridas do Grêmio, que por anos aguentamos as cornetas coloradas por não ganharmos títulos, agora estávamos unidos na mesma alegria. Como escrevi antes, não era só futebol, era muito além disso.

Ao longo da minha vida já tinha visto o time do meu coração conquistar o Mundial de Clubes, duas Libertadores, Recopa, dois campeonatos brasileiros, quatro Copa do Brasil, a Batalha dos Aflitos , mas meus filhos adolescentes não conheciam a alegria de ver o Grêmio campeão, por isso, viver com eles essa experiência foi algo inesquecível. Nelson Rodrigues afirmou que “o futebol é a coisa mais importante, dentre as menos importantes”. Ele estava certo, pois é muito mais que um jogo, é uma ligação afetiva com um clube e com pessoas que amamos.

Um outro acontecimento marcante no mundo do futebol, foi o rebaixamento do Inter para a Série B. Por diversas vezes falei aos meus amigos colorados: “Ainda terei a alegria de ver o Inter na série B”. Eles não acreditavam e desdenhavam minhas palavras, mas chegou a vez deles passarem o que nós gremistas já passamos. Agora será a vez deles ouvirem as cornetas, que por muito tempo escutei. A corneta é uma forma carinhosa de brincar com os amigos, sem ela o futebol não seria tão fascinante.

Pelas lentes do futebol o ano 2016 foi maravilhoso para o Gremistas, foi tão incrível, que ao invés de chamar o próximo ano de 2017, irei chama-lo de 2016 S, pois o que é bom, precisa durar um pouco mais. Sim, 2016 será inesquecível!

Penta

A torcida que mais sofre no Brasil atualmente

Sou Gremista e como todo tricolor os últimos 15 anos não tem sido fácil. Período de frustrações no futebol, muita corneta por parte dos colorados e intermináveis teses e explicações sobre a razão de tanto insucesso do nosso time do coração.

A torcida do Grêmio é considerada por várias pesquisas a maior e mais fanática do Sul do Brasil. Por isso, o sofrimento tem sido grande. Acredito que somos a torcida que mais está sofrendo no Brasil desde 2011. Fiz uma pesquisa levando em conta os 20 clubes da Série A do campeonato Brasileiro e inclui ainda o Vasco, que apesar de estar na Série B, é um grande clube de massa. De 2011 até maio de 2016, isso são cinco temporadas e meia, dos 21 clubes pesquisados, apenas dois não conquistaram um título no período, acreditem se quiser, Ponte Preta e Grêmio. Até o América de Minas Gerais, que não ganhava nada a 15 anos, conseguiu o título do campeonato mineiro em 2016. Mas entre a cobrança da torcida do Ponte e a do Grêmio, com certeza, a cobrança é muito maior em cima do tricolor gaúcho.

Silas foi o último treinador campeão pelo Grêmio, em 2010, depois de sua saída, passaram pelo clube vários treinadores como Renato Portalupi, Celso Roth, Luxemburgo e Felipão, mas nenhum deles conseguiu conquistar um título, o atual, Roger Machado, parece que seguirá a sina dos últimos treinadores.

Direção do Grêmio, comissão técnica e jogadores atentem para essa situação e lutem para mudar essa realidade, que tem trazido sofrimento para essa imensa torcida.

Confira abaixo os títulos conquistados pelos 20 clubes da Série A + o Vasco da Gama.

1 – Atlético Mineiro

Libertadores 2013

Recopa Sulamericana 2014

Copa do Brasil 2014

Campeonato Mineiro 2012, 2013 e 2015

2 – Cruzeiro

Campeonato Brasileiro 2013 e 2014

Campeonato Mineiro 2011 e 2014

3 – Atlético Paranaense

Campeonato Paranaense 2016

4 – Coritiba

Campeonato Paranaense 2011, 2012, 2013

5 – Bahia

Campeão Baiano 2012, 2014 e 2015

6 – Vitória

Campeão Baiano 2013 e 2016

7 – Flamengo

Copa do Brasil 2013

Campeão  Carioca 2011 e 2014

8 – Fluminense

Campeonato Brasileiro – 2012

Campeão Carioca – 2012

9 – Botafogo

Campeão Carioca 2013

10 – Vasco

Copa do Brasil 2011

Campeão Carioca 2015 e 2016

11 – Corinthians

Libertadores 2012

Mundial de Clubes 2012

Recopa Sulamericana 2013

Campeonato Brasileiro 2011 e 2015

Campeonato Paulista  2013

12 – Palmeiras

Copa do Brasil 2012 e 2015

13 – São Paulo

Copa Sulamericana 2012

14 – Santos

Libertadores 2011

Recopa Sulamericana 2011

Campeonato Paulista 2011, 2012, 2015 e 2016

15 – Inter

Recopa Sulamericana 2011

Campeonato Gaúcho 2011,2012,2013,2014,2015 e  2016

16 – América Mineiro

Campeonato Mineiro 2016

17 – Chapecoense

Campeonato Catarinense 2011 e 2016

18 – Sport Recife

Copa do Nordeste 2014

Campeonato Pernambucano 2014

19 – Santa Cruz

Copa do Nordeste 2016

Campeonato Pernambucano 2011, 2012, 2013, 2015, 2016

20 – Grêmio

Nenhum título desde 2011

 21 – Ponte Preta

Nenhum título desde 2011

Gremistas

Abrindo voto para Presidente

Não sou identificado e nem militante de nenhum movimento político do Grêmio. Em cada eleição para o Conselho ou Presidente, ouço os candidatos e decido meu voto de maneira independente. Nunca estive tão empolgado com uma eleição para presidente do Tricolor como esta, pois conheço bem um dos candidatos.

Sou natural de Osório e há mais de 25 anos conheço Romildo Bolzan Júnior, que foi prefeito daquela cidade por três vezes. Neste período mostrou liderança, capacidade de gestão e visão empreendedora. Também mostrou facilidade em dialogar e trás consigo uma característica importante para quem deseja presidir o Grêmio: Ambição.

Romildo será um presidente obstinado por marcar sua gestão com títulos e entrar para a história do clube como vencedor. Teremos um presidente focado na busca por tornar o Grêmio campeão novamente tanto no RS, quanto no Brasil e mundo.  Com a liderança e a fome por conquista, Romildo levará o clube a novos títulos, tirando o tricolor da fila e conquistando o primeiro campeonato na Arena.

Por isso, recomendo aos meus amigos que são sócios do Grêmio a votarem em Romildo Bolzan Júnior para presidente do clube, no dia 18 de outubro de 2104. Creio que ele está preparado para essa missão. Sob sua liderança voltaremos a ser campeões e recuperaremos nossa hegemonia no RS e protagonismo no Brasil e Mundo.

Romildo

Meu desabafo após o Grenal

Um dos objetivos desse blog é expressar minha opinião sobre diferentes temas. Já escrevi sobre questões bíblicas, sociais, familiares, pessoais e hoje vou escrever sobre futebol, uma das minhas paixões.

Neste domingo o Grêmio perdeu mais um Grenal e também o título do Gauchão. Para piorar, perdemos os dois últimos clássicos jogando muito abaixo do Inter, na verdade, as duas últimas atuações do Tricolor foram constrangedoras e desanimadoras.

Grenal é um campeonato a parte. É o jogo mais importante do clube. Mobiliza o estado, levanta ou derruba a autoestima do torcedor, por isso, é doloroso constatar que não vencemos o clássico desde 26 de agosto de 2012, com um gol do Elano. Desde então, foram 8 Grenais  com 4 vitórias do Inter e quatro empates. Em três Grenais na Arena, nenhuma vitória. Para aumentar meu desencanto, o maior presidente da história do clube, desde que retornou a presidência do Grêmio, não venceu nenhum clássico. Os números da atual gestão são desanimadores, 4 derrotas e 3 empates. Parece que o Koff desaprendeu a vencer Grenais e a conquistar títulos. Provavelmente deixará a presidência no final de 2014 sem nenhuma faixa de campeão.

Nosso técnico, jogou 3 Grenais, empatou 1 e perdeu 2. Há vários jogadores no clube que nunca venceram Grenal, entre eles estão o Barcos, Rodolfo, Riveiros, Ramiro e outros menos cotados.

Por isso, estou desanimado com o atual momento do Grêmio. Não tenho grandes esperanças com o restante da temporada, creio que ficaremos mais um ano na fila. O que mais me indigna é que não vejo reação no grupo de jogadores, na direção, na comissão técnica, falta uma obstinação na busca por títulos e também na missão de resgatar a hegemonia no futebol gaúcho, que por tantos anos foi nossa. Não venham vender ilusões, que iremos ser campeões da Libertadores ou Brasileiro, um clube que não consegue vencer o Gauchão, não pode ambicionar conquistas maiores.

Por amar esse clube é que estou revoltado. Espero mais do Grêmio. Anseio por voltar a comemorar títulos e não apenas vaga na Libertadores. Anseio por voltar a ganhar Grenais e a devolver as últimas goleadas que recebemos do adversário. Nossa última goleada no colorado foi em 29 de julho de 1990, quando vencemos por 4 x 1 com dois gols do Paulo Egidio, um do Cuca e um do Assis.

Dirigentes, Técnicos e jogadores que não conseguem vencer Grenal, não servem para o Grêmio. Peçam para sair ou trabalhem com obstinação para reverterem essa realidade, que até o momento, tem sido amarga para a maior torcida do Sul do Brasil.

Grenal 2