Arquivo da tag: assalto a adolescentes

Desabafo de um pai

Tenho dois filhos, Sarah com 16 anos e Miguel com 12. Ambos nasceram e seguem até o momento vivendo em Porto Alegre. Mesmo procurando estar o maior tempo possível com eles, é impossível acompanha-los o tempo todo, em algum momento eles precisam voltar da escola de ônibus ou  ir a algum local caminhando ou com transporte público. Porém, como pai, estou revoltado e ao mesmo tempo sem saber o que fazer, pois minha filha já foi assaltada 7 vezes e meu filho 3 vezes, sendo a última vez, hoje a tarde.

Minha filha já  foi assaltada indo ou voltando da escola, no trajeto até o Shopping, numa caminhada perto de uma praça de nossa residência, sempre durante o dia, seja pela manhã ou a tarde, e na maioria das vezes por delinquentes com menos de 18 anos, que usavam facas ou arma de fogo. Já o Miguel nas três vezes que foi assaltado estava indo ou voltando da escola, sempre com a mochila e o uniforme escolar. Dos 3 assaltos que Miguel sofreu, dois foram este ano.

Meus filhos estão com medo de sair de casa e nós  com medo que eles saiam sozinhos. É uma tragédia social quando adolescentes não podem ir para a escola de transporte público, por medo de serem assaltados. Que tipo de sociedade é essa, que é incapaz de garantir o acesso a escola em segurança para crianças e adolescentes??

Meus filhos estão crescendo sob a égide do medo da violência urbana. Esse é um grave sintoma que nossa sociedade caminha para a barbárie.

Infelizmente a delinquência juvenil está crescendo assustadoramente. O número de adolescentes que estão praticando assaltos é cada vez maior. Quando um garoto de 14 ou 15 anos começa a assaltar ele já escolheu o estilo de vida que quer seguir e a partir daí, as chances de mudar o rumo da vida dele são pequenas. A nossa sociedade não recupera delinquentes, ao invés disso, produz em escala cada vez maior, o número de pessoas que escolhem a criminalidade.

O que fazer????

Bem, isso merece um novo texto que em breve escreverei. Por enquanto, registro meu desabafo com essa violência urbana, cada vez maior.

Violência-urbana-e-o-medo-infantil