Arquivo da tag: anonimato

Os Anônimos da Fé

A Bíblia relata muitas informações sobre a vida e ministério de grandes líderes, como Abrahão, Moisés, Davi, Pedro, Paulo entre outros. Muito já se escreveu sobre esses grandes ícones da fé cristã. Já li bons livros sobre a vida desses líderes e também já escutei boas pregações sobre eles.

Mas pouco se escreve e fala sobre os anônimos da fé, aqueles, que sequer o nome é mencionado nas escrituras. Pare e pesquise sobre o assunto. Rapidamente perceberá que algumas pessoas foram grandemente usadas por Deus, mas o autor bíblico sequer registrou seu nome. Vou citar alguns exemplos a seguir:

A MENINA ESCRAVA DE NAAMÃ – Em 2Re 5 encontra-se a história do grande comandante do exército Sírio, Naamã. Que tinha em sua casa uma menina israelita, que veio como escrava trabalhar em sua residência. O texto afirma que Naamã contraiu lepra e a menina o orientou a procurar o profeta Eliseu em Israel. Em função dessa menina Naamã foi curado, conheceu o Deus de Israel e teve sua vida transformada. Costumo chamar essa menina da “Boa samaritana do AT”. Seu nome está no anonimato.

O MENINO QUE DEU 5 PÃES E 2 PEIXES – Nos quatro Evangelhos (Mt 14.13-21; Mc 6.30-43; Lc 9.10-17 e João 6.1-15) é descrito o milagre da multiplicação dos pães e peixes. Uma multidão estava faminta, o povo não tinha o que comer, os discípulos saem para procurar alimento e voltam trazendo 5 pães e 2 peixinhos doados por um menino. Com a doação deste garoto Jesus faz um extraordinário milagre e alimenta milhares de pessoas. Mais um cujo nome está no anonimato.

A VIÚVA POBRE – Em Marcos 12.41-44 Jesus faz um elogio a uma viúva que tinha acabado de dar duas moedas de oferta. Ele disse que aquela mulher tinha dado mais do que todos, pois havia dado tudo que possuía. Usou o exemplo daquela mulher para ensinar sobre generosidade e amor a Deus. Quanto Jesus precisou ensinou sobre a prática de ofertar ele não usou como exemplo pessoas ricas e prósperas, mas uma viúva. Impressiona-me constatar que o maior exemplo de generosidade citado por Jesus, foi o de uma viúva, cujo nome está no anonimato.

OS QUATRO HOMENS QUE LEVARAM O PARALITICO ATÉ JESUS – Em Marcos 2.1-12 quatro homens levam um paralitico, numa maca até a casa onde Jesus estava na cidade de Cafarnaum. Como havia uma multidão na casa, eles resolveram subir ao telhado e descer a maca por aquele lugar até onde estava Jesus. Percebam o tamanho do esforço que aqueles homens fizeram para ajudar seu amigo. Um grande exemplo de altruísmo e fé. Eles fizeram tudo isso, porque criam que Jesus iria curar aquele homem, o que de fato acabou acontecendo. Esses quatro valorosos homens, também estão no anonimato.

A história da fé foi construída pelos ícones e pelos anônimos. Nas páginas da bíblia convivem os personagens conhecidos com aqueles desconhecidos.

Não preocupe-se em ser conhecido ou anônimo, mas sim em ser alguém usado por Deus e usar sua vida para viver intensamente sua fé e marcar a vida de outras pessoas com amor, fé, altruísmo e generosidade. Sirva a Deus e ao próximo sem preocupar-se sobre o que a história dirá a seu respeito, mas sim com o foco em ter seu nome escrito no livro da vida, pois aqueles que estiverem com seus nomes neste livro, um dia serão recebidos por Jesus ouvindo dele: “Servo bom e fiel, venha e participe da alegria do seu Senhor” (Mt 25.23), pois no céu não haverá anônimos, apenas servos bons e fiéis.

anonimato