Dica aos casais

Há vários anos, minha esposa e eu desenvolvemos o hábito de jogar frescobol a beira mar. Quando vamos à praia temos uma espécie de ritual:  sentar em baixo de um guarda sol, tomar chimarrão, caminhar de mãos dadas, comer milho e jogar frescobol.

O frescobol é um esporte praiano, um jogo colaborativo, onde os dois parceiros precisam trabalhar juntos para manter a bola no ar. Ao contrário da maioria dos esportes, no frescobol não existe um vencedor, nem tão pouco uma competição entre os parceiros. O objetivo é simples, manter a bola em jogo.

Quando jogamos frescobol nos esforçamos para manter a bola em jogo, quando algum erra, pegamos a bola e recomeçamos o jogo. Procuramos sempre facilitar a jogada do outro, rimos das nossas trapalhadas, temos paciência um com o outro, incentivamos o outro a não desistir e sempre terminamos o jogo alegres.

Essa é uma boa metáfora para o casamento. Um relacionamento conjugal saudável também necessita de colaboração, paciência, encorajamento, bom humor e ambos trabalharem para manter a “bola em jogo”. O casamento não deve ser um lugar de disputa e competição, onde se explora o ponto fraco do outro, onde vencer a discussão é mais importante que construir uma solução.

Uma dica aos casais: Joguem frescobol juntos e reflitam sobre as analogias que podemos fazer entre esse esporte colaborativo e a vida conjugal. Por mais cooperação e menos competição dentro de nossos lares.

frescobol

12 ideias sobre “Dica aos casais

  1. Rodrigo Vargas

    Verdade! Eu e Dayla também gostamos de jogar Frescobol na praia. estamos aprendendo neste jogo e na vida.

    Responder
  2. Simone Blaszak

    Sabe pastor, isso me.fez pensar que, mesmo se a bola chegar a cair precisamos nos “abaixar” para pega-lá.
    Abaixar-se pode nos remeter a humilhar-se diante Daquele que é capaz de restaurar um novo jogo e nos devolver momentos felizes.

    Responder
  3. Jacson Luis P. Santiago

    Verdade. Paola e eu também jogamos frescobol e tenho visto que assim, como no jogo a sintonia faz toda diferença no casamento.

    Responder
  4. Fátima Aragão Paiva

    Muito bom pastor! Uma boa reflexão através do frescobol! E o legal é que devemos jogar juntos tendo paciência um com o outro, se um desistir o jogo não pode continuar.

    Responder
  5. Carlos Valotta

    Perfeita a Analogia! Obrigado por Liderar pelo Exemplo!
    Ha carencia de verdadeiros líderes, porem sou abençoado por Deus colocar Vcs em minha Vida.

    Responder
  6. Carla

    Lindo isso… amei vou compartilhar !
    Podia dar mais reflexoes como essa pastor Cabral e Ana juntos para nos casais …. E tenho certeza que muitos casais iriam seguir esse exemplo de vocês.

    Responder
  7. Carmen

    É verdade , na vida de um casal não deve haver disputa e sim a colaboração um para com o outro para que cresçam juntos

    Responder
  8. Ana sobrosa

    Otima analogia. Quando um nao fizer uma jogada tao bem, mesmo assim o outro seguirá encorajando. E no casamento deve ser assim tambem. Abraço meus queridos pastores.

    Responder
  9. Kenya

    Eu e o Pedro também gostamos de frescobol. Sua metáfora ficou ótima para o casamento, um ajudando o outro sem competição.

    Responder

Deixe uma resposta